12/05/2015

LADRÕES DE NÓS: NOS REDESCOBRINDO!

OI DIVINAS E DIVINOS!

Hoje trago algo muito sério e infelizmente que acontece com muita, mas muita gente mesmo. Sem distinção de cor, raça, sexo ou condições financeiras.
Trata-se de pessoas que são capazes de "roubar" a personalidade, alegria e tudo que seja " marca registrada" de outras pessoas.
Pode ser seu colega, amigo(a), namorada(o), marido e esposa ou até mesmo qualquer parente ou pessoa que conviva com você.

Normalmente tudo pode começar com alguma observação boba sobre sua personalidade, modo de vestir, se comportar ou algo que você faça ou produza. E aos poucos, dependendo da sua recepção e aceitação às críticas, essa intromissão vai aumentando, aumentando, até que um dia você não mais existe e se torna um mero projeto do que esse alguém quer que você seja.

Esquece amigos, gostos e estilos de: músicas, roupas, maquiagem, lugares, diversões, enfim tudo que antes você gostava e curtia, não mais há em sua vida, ou grande parte disso.
Se forem "amigos" ou colegas, talvez fique mais fácil de desvincular e voltar a ser quem você era, mas quando se trata de parentes, namorado ou marido, ai a coisa vai ficar mais difícil pois o fato de você voltar a ser quem era pode colocar em risco a relação e a "perda" de alguém que você ama. 

Demora para cair a ficha, e normalmente quando alguém relata a mudança que houve em você, pode ser encarado como uma pessoa invejosa, chata ou totalmente "intrusa" com influencias negativas sob você.

Há vários passos que podem indicar se isso ocorreu com você, ou perguntas fundamentais que podem ser refletidas na sua atual situação:

  1. Você se diverte como antes?
  2. Na escolha do programa para diversão, a escolha é realmente sua e lhe satisfaz?
  3. Quantos amigos antes da relação, você ainda mantém convivendo?
  4. Você se sente atraente nas roupas que você veste?
  5. Na relação você tem mais momentos de tristeza ou felicidade?
  6. Pergunte às pessoas que conviviam e/ou que convivem com você, se você mudou e se foi para melhor ou pior.
  7. Você é mais elogiada ou criticada?
Enfim, o "roubo" da personalidade, do seu jeito de ser, pode ser a perda de sua vida, de seus sonhos, de sua alegria verdadeira, tornando-se um "projeto da vontade e conveniência alheia". 

Hoje escolhi esse tema pois é triste ver alguém perder sua essência, seu sorriso largo e fácil, seu jeito autêntico e sua real alegria de viver.
Pessoas só devem fazer parte de nosso convívio, se nos acrescenta/soma e não nos diminui/extrai.
Portanto, ACORDA GENTEEEEEE! E SAÍ DESSA VIDA APARENTEMENTE FELIZ! SE RESGATE! SE REENCONTRE E SEJA VERDADEIRAMENTE FELIZ!

UM ABRAÇO APERTADO E FIQUEM COM DEUS!!

3 comentários:

  1. Oi flor, você deixou um comentário no grupo Dicas de Beleza que Toda Mulher tem que Saber pra vir dar uma passadinha aqui e aqui estou!!! Gostei do post, muito bom ler coisas positivas e conselhos bons... Beijos http://makeolatras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Bia. Feliz em ter você por aqui e por ter gostado do post. Beijos enormeeeee .Muito obrigada.

      Excluir
  2. Que bom Bia. Feliz em ter você por aqui e por ter gostado do post. Beijos enormeeeee .Muito obrigada.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela sua participação!!!